Handmaid's News

A trajetória de Janine em The Handmaid's Tale


Contém spoilers da primeira e segunda temporadas

Madeline Brewer, atriz que interpreta Janine em The Handmaid’s Tale, esteve essa semana em solo brasileiro. Por isso, é um bom momento para se pensar um pouco sobre a trajetória dessa personagem ao longo das duas temporadas já lançadas.

A personagem interpretada por Brewer integra o elenco principal da série e também está no conto de Margaret Atwood. No livro, ela é uma aia pedante, que parece acreditar realmente em tudo que é ensinado no Centro Vermelho. June a descreve como "a queridinha de Tia Lydia".

No primeiro episódio da produção do Hulu, durante os flashbacks de June, ficamos sabendo vários detalhes da conturbada estadia de Janine no Centro Vermelho, formando um quadro nítido sobre o nível de crueldade que Gilead pode atingir. Recém-chegada, e sem saber exatamente no que estava envolvida, ela desdenha da pregação de Tia Lydia e acaba tendo um olho mutilado como punição por sua ousadia.

Logo depois, durante o chamado Testemunho, uma espécie de confessionário coletivo, Janine conta como foi estuprada por um grupo de garotos de sua escola. Ela fala de seu sofrimento e da sensação de impotência, mas Tia Lydia a interrompe e incita as outras aias a declararem Janine culpada por seu próprio estupro. Elas miram os dedos em sua direção e repetem em coro "A culpa é dela!". Todas são obrigadas a falar, levando a vítima a internalizar a culpa pela violência sofrida.

A seguir, Janine aparece delirante no meio da noite e precisa ser contida por Moira e June. Após essas experiências traumáticas e torturantes, realmente não é de se espantar que Janine aja como uma verdadeira crente.

Ainda no final do primeiro episódio, June reencontra Janine já grávida. Orgulhosa de sua barriga, ela espalha a notícia de que Moira estaria morta, já que havia sido enviada para as Colônias após uma tentativa de fuga.

Ao longo de toda a primeira temporada, acompanhamos os últimos meses da gravidez de Janine e sua ingenuidade em relação ao que acontece ao seu redor. Aproveitando-se da fragilidade da aia, o comandante Warren, a quem Janine foi designada, lhe faz falsas promessas e juras de amor para manter relações sexuais com ela fora dos dias de Cerimônia.

Como esperado, após o nascimento da criança, Warren se recusa a cumprir as promessas, o que leva Janine a tentar matar a si mesma e ao bebê, no episódio The bridge (S01E09). June tem um papel muito importante na negociação com Janine, conseguindo salvar mãe e filha.

No episódio final da temporada, Night, Janine está prestes a ser punida pela tentativa de ferir sua filha. Tia Lydia reúne as aias para que apedrejem Janine. No entanto, elas se negam a matar a colega, traçando um limite do que elas podem aceitar fazer contra si mesmas em nome de Gilead. A temporada termina com a promessa de que todas serão punidas.

É esse momento de solidariedade em relação a Janine que desencadeia uma série de punições para as aias, e acaba viabilizando para June uma possibilidade de fuga. Enquanto as colegas são punidas, Janine é enviada para as Colônias. É nesse lugar inóspito que começamos a entender melhor essa personagem.

As mulheres são enviadas para as Colônias para morrerem de forma lenta e cruel. Mesmo nesse lugar hostil, Janine ainda fantasia coisas boas e chega a organizar o casamento entre duas senhoras que já estão à beira da morte. Só aqui fica nítido que a personagem tem uma forma de resistência particular, ela recorre às fantasias de sua mente para sobreviver, preservando assim sua esperança.

No episódio After (S02E07), o milagre esperado por Janine acontece: ela e Emily são levadas de volta à cidade para servirem como aias. Em comparação à morte certa e dolorosa nas Colônias, sim, voltar a usar o traje vermelho pode ser visto como uma forma de redenção para elas.

Novamente entre as aias, Janine ainda esboça seu otimismo desmedido ao comemorar sobre a nova casa para a qual foi designada, pois não há um comandante (como Warren) assediando-a fora da Cerimônia. Por outro lado, há uma indicação de que Janine não esteja mais tão disposta a cumprir as rígidas regras de Gilead. No episódio Women’s Work (S02E08), quando June a encontra e utiliza o cumprimento padrão "Bendito seja o fruto", Janine responde, fazendo uma piada, com "Que a força esteja com você", em alusão à franquia Star Wars, e não com o tradicional "Que o senhor possa abrir".

Janine é uma personagem importante na série, resta agora esperar para saber qual será seu papel na terceira temporada, já que nada foi divulgado ainda a respeito dela, apenas confirmada a sua presença.