Handmaid's News

June/Offred


June Osborne é a protagonista de The Handmaid's Tale. Ela é uma mulher de trinta anos que é forçada a trabalhar como aia nos primeiros anos da República de Gilead, porque ainda é capaz de gerar filhos. Offred conta sua vida de antes, durante e depois da criação de Gilead - para uma audiência invisível; é revelado no final do livro que ela gravou sua história em uma série de fitas. O destino final de Offred é deixado ambíguo. Foi a esposa de Luke e é mãe de Hannah e Holly; mais tarde, começa um relacionamento com um Guardião chamado Nick, por quem desenvolve certa paixão.

Primeiros Anos
Em sua infância, a mãe de June a leva para um evento "Take Back The Night". As mulheres que protestam estão atirando pedaços de papel com os nomes de seus estupradores para queimar em latas de lixo.

Antes de Gilead
June vai até a casa da mãe para pegar uma batedeira. Ela diz ao grupo de mulheres o que ela faz para viver. Todo mundo parece estar impressionado.

Moira, sua melhor amiga e June vão juntas para a faculdade.

A primeira vez que ela vê Luke, ele ainda é casado com outra mulher. Eles continuam se encontrando para almoços inocentes, onde ela descobre que Luke não contou a sua esposa sobre eles. Depois de um caso com June, ele deixa sua primeira esposa para ficar som June. Annie, a primeira esposa de Luke, enfrenta June depois de uma aula de ioga. Ela a acusa de sabotar um voto feito diante de Deus. June é claramente afetada pelo encontro.

A mãe de June pergunta se ela gosta de trabalhar como editora. Ela diz que sim. Sua mãe diz que ela se sacrificou para que a filha estivesse estabelecida. Ela pergunta sobre Luke e diz a June que não acredita que deveria se casar com ele. Sua mãe diz que é um erro.

Na expectativa do nascimento de sua filha, Luke leva June ao hospital em meio a multidões de pessoas protestando contra o recente declínio acentuado nas taxas de natalidade. Ela fica aliviada ao saber que Hannah é um bebê saudável. Pouco depois de seu nascimento, June acorda e descobre que Hannah se foi. Ela inicialmente acha que foi levada para um exame de sangue, até que as sirenes começam a soar em todo o hospital. Luke pede que June fique onde  está, enquanto ele vai investigar. June segue Luke e fica horrorizada ao ver uma das enfermeiras deitadas no chão em uma poça de sangue, morta ou inconsciente. June então encontra uma mulher segurando Hannah. Ela insiste que Hannah é sua filha - está implícito que seu próprio bebê morreu, fazendo com que ela tenha um colapso psicológico. June observa horrorizada, tentando futilmente explicar que Hannah é seu bebê. Luke chega, mas isso leva a mulher a tentar fugir com Hannah. Felizmente, a polícia e Luke intervêm, dando Hannah de volta para June, enquanto a mulher é presa.

Annie encontra Luke, June, e a Hannah ainda bebê em uma cafeteria. Ela e June fazem contato visual e, em seguida, Annie foge.

June pede a Luke para assinar um formulário para que ela possa pegar sua receita de anticoncepcional.

June é chamada para ir buscar Hannah, que estava com febre, no hospital. Lá, ela é questionada sobre sua capacidade como mãe. June então leva Hannah para casa. Luke está esperando por elas e eles assistem pela televisão que houve um ato terrorista na capital. Houve também uma explosão na Casa Branca e a lei marcial foi declarada.

Durante o golpe de Estado
Em uma retrospectiva do presente, Offred se culpa por estar "dormindo" na época, "deixamos isso acontecer": "Quando eles derrubaram o Congresso, nós não acordamos, quando eles culparam terroristas e suspenderam a Constituição, nós também não acordamos. Eles disseram que seria temporário. Nada muda instantaneamente. Em uma banheira de aquecimento gradual, você ferveria antes de perceber."

Após a imposição de Gilead
June e Moira descobrem que o governo congelou todas as contas bancárias das mulheres, inclusive as suas e que não podem usar nenhum de seus cartões de crédito. June e todas as outras mulheres em seu escritório são "liberadas" de seus empregos, devido à nova lei declarando que as mulheres não podem mais trabalhar ou ter propriedades. June e Moira participam de um protesto contra as novas leis, apenas até polícia atacar com violência, usando metralhadoras contra as multidões. Os manifestantes fogem, com June segurando a mão de Moira e escapando por pouco escondendo-se em uma loja.

June, Luke e Hannah tentam fugir para o Canadá e se esconder no porta-malas de seu carro enquanto um homem chamado senhor Whitford os leva para uma cabana isolada perto da fronteira. Whitford diz que ainda precisa pegar os passaportes canadenses, porque os passaportes dos EUA "não significam mais nada". Antes de ele sair, o Whitford ensina Luke a atirar com uma arma, sobre a qual ele está claramente desconfortável.

Depois de saber que Whitford foi morto, eles tentam alcançar a fronteira canadense por conta própria, mas seu carro é visto por uma patrulha. Eles perdem o controle e caem fora da estrada, Luke diz a June para pegar Hannah e fugir dos Guardiões que os perseguem. June corre pela floresta com Hannah, parando quando ouve tiros. Ela tenta se esconder com Hannah atrás de uma pedra, mas elas acabam sendo pegos. Hannah é arrancada de June, que tenta se livrar, apenas para ficar inconsciente. Ela acorda enquanto está sendo transportada em uma van.

No Centro Vermelho
June e várias outras mulheres são trazidas para o Centro Vermelho, onde recebem uma etiqueta rastreadora em seus ouvidos. Tia Lydia então as doutrina em seus papéis de aia, dizendo-lhes sobre a diminuição das taxas de natalidade e que eles são "especiais", servindo a um propósito bíblico. Este é também o lugar onde June e Moira se encontram novamente.

Janine é forçada a confessar seus pecados e contar a história de seu estupro grupal. Tia Lydia explica que Janine trouxe o estupro para si e as outras aias devem culpar Janine. Como June hesita, ela é golpeada por "Tia Margaret" (sim, a Tia que a golpeia foi fruto de uma participação especial de Margaret Atwood, autora do livro).

Tia Lydia mostra uma apresentação de slides de todas as coisas horríveis que aconteceram. Uma das fotos é da mãe de June trabalhando em uma fazenda. Mais tarde, na cama, Moira pergunta a June como ela acha que capturaram sua mãe. Ela não sabe, mas diz que não é seguro o que ela está fazendo. Moira diz que estava certa, mas June diz que ela também estava. Que ela sabia que isso aconteceria. June diz que ela esperou antes, mas ela jurou que não faria isso de novo.

June tenta fugir com Moira; elas levam a Tia Elizabeth a um cativeiro, Moira pega suas roupas e as veste para se disfarçar de Tia. Elas chegam à estação de trem, mas June chama a atenção de um Guardião e se torna suspeita. Vendo Moira ter a chance de escapar no trem que acaba de chegar, June silenciosamente lhe dá sua bênção e Moira foge, enquanto June é levada de volta ao Centro Vermelho.

Tia Lydia amarrou June enquanto Tia Elizabeth chicoteia as solas dos pés como punição. As Companheiras de June, mais tarde, secretamente se reúnem em volta dela, dando-lhe restos de comida que elas guardaram das refeições.

Presente, primeira temporada

Offred

June, agora chamada por seu patronímico Offred, foi designada para a casa do Comandante Fred Waterford e sua esposa Serena Joy (que ela afirma ser sua segunda casa). Ela vai fazer compras com Ofglen, a quem ela pensa inicialmente como crente de Gilead, e tem uma breve conversa com Nick; ela é claramente cautelosa com suas tentativas de fazer amizade com o motorista, temendo que ele poderia ser um Olho  No caminho de volta das compras, Offred e Ofglen param no Muro e vêem os corpos de três homens executados. Offred recorda seu tempo no Centro Vermelho e sua amizade com Moira. Ela narra que o fato de Moira não estar no Muro lhe dá esperança.

Naquela noite, Offred tem que se preparar para a Cerimônia. Quando acaba, Serena Joy ordena furiosamente que Offred vá embora. Offred hesita e diz que ter seu descanso aumenta as chances de engravidar, mas Serena a manda embora. Naquela noite, Offred, perturbada pela Cerimônia, corre para fora apenas com a camisola. Ela percebe que Nick está olhando para ela e corre de volta para seu quarto, preocupada que ele possa denunciá-la. No dia seguinte, Offred deve participar de um Salvaging. Ela vê Janine lá, que diz que Moira está morta - ela supostamente tentou fugir, foi pega e enviada para as Colônias, deixando Offred abalada.

Tia Lydia anuncia que elas vieram para executar um homem que foi condenado por estuprar uma aia grávida, resultando na morte do bebê. Isso enfurece Offred, que já está perturbada com a notícia da morte de Moira. Offred é a primeira aia a atacar o homem, chutando-o no chão e batendo nele. Depois, Offred parece aturdida e com remorso pelo que fez. Como está caminhando para casa com Ofglen, esta última expressa simpatia pelo que aconteceu com Moira. Offred tentativamente revela que ela conhecia Moira tanto no Centro Vermelho quanto na época anterior à Gilead. As duas mulheres acabam do lado de fora de uma loja de roupas, que Ofglen revela que já foi uma sorveteria. Quando ela afirma que o sorvete era "melhor do que um bom sexo", Offred percebe que Ofglen não é uma verdadeira crente no regime, afinal. Ofglen por sua vez, revela que ela sempre pensou o mesmo de Offred.

Offred conta a Ofglen sobre sua família e tentativa de fuga fracassada, enquanto Ofglen, por sua vez, revela que tinha uma esposa e um filho, Oliver, que fugiu para o Canadá. No portão da casa de Offred, Ofglen avisa a Offred que um Olho é membro da família. Offred fica se perguntando qual membro da casa poderia ser o Olho. Ela testemunha Waterford indo para uma reunião com outros Comandantes, antes de ser enviada para seu quarto por Serena. Sentada sozinha em seu quarto, Offred promete encontrar uma maneira de sobreviver pelo bem de sua filha e revela que seu verdadeiro nome é June.

Birth Day

Offred vai fazer compras com Ofglen. Eles se deparam com o restante da St Paul’s Cathedral, que está em processo de destruição. Offred está chateada com a visão, observando que era a paróquia que seu pai frequentava e que sua filha foi batizada lá. Ofglen acrescenta que explodiram outra catedral em Nova York e jogaram os restos mortais no rio Hudson, o que levou Offred a perguntar como ela sabe disso e como ela sabe que há um Olho em sua casa. Elas vêem um homem sendo arrastado da rua por dois Olhos e amarrado na traseira de uma van. Offred parece aliviada por não ser ela, embora simpatizante com o homem, e Ofglen observa que não há problema em sentir alívio. Quando chegam à casa de Offred, Ofglen revela que faz parte de um grupo rebelde, simplesmente dizendo que ela poderia "se juntar a nós". Ela explica que o Comandante de Offred faz parte do alto escalão do governo e pede que Offred descubra tudo o que puder.

Enquanto tira a capa depois de pegar chuva, Offred tem uma breve conversa com Nick. Ele acidentalmente vê sua perna nua; Nick olha para ela, mas apenas diz que ela deve ter cuidado. Ele diz a Offred que ela não deveria confiar em Ofglen, porque ela é "perigosa", surpreendendo Offred. Ela está em outro choque, como Nick, em seguida, informa Offred que o comandante quer vê-la hoje à noite em seu escritório. Depois de algum tempo, um Birthmobile (carro que busca aias para a Cerimônia de nascimento de um bebê) chega na casa para pegar Offred. No Birthmobile, Offred é informada que Ofwarren entrou em trabalho de parto. No caminho para a casa do Comandante Warren, Offred tem flashbacks do nascimento de sua própria filha.

Na casa do comandante Warren, Offred se diverte claramente com a visão da Esposa de Warren fingindo estar em trabalho de parto em um gesto simbólico, mas rapidamente se restringe quando Serena Joy chama sua atenção. Offred ajuda as outras aias e Tia Lydia a apoiar Ofwarren durante todo o nascimento, com Offred assegurando que ela está bem e tocando sua barriga. Offred tem mais flashbacks do nascimento de Hannah.

Offred vê Ofglen e diz a ela que seu comandante quer vê-la em particular. Ofglen está preocupada com isso e se oferece para tentar descobrir o que Fred poderia querer com ela. Algumas das Esposas oferecem um biscoito a Offred. Ela aceita, tendo pouca outra escolha, levando as Esposas a observar de maneira paternalista o quão "bem comportada" ela é. Serena manda Offred de volta para o andar de cima. Quando está saindo, ouve as Esposas comentando que todas as aias são "prostitutas". Sentindo-se mal, Offred vai ao banheiro e cospe com a boca cheia de biscoito, depois desafiadoramente deixa os restos mastigados na pia.

Ofwarren dá à luz a uma menina saudável. Ela é imediatamente entregue à Esposa, que a chama de Angela. Offred tenta confortar Ofwarren, assegurando-lhe que seu bebê é saudável e abraçando-a. Enquanto o Birthmobile as leva de volta para casa, Ofglen diz que não conseguiu descobrir o que o Comandante poderia querer, mas tenta tranquilizar Offred, dizendo que "provavelmente só quer um boquete". Offred está nervosa indo ao encontro do Comandante. Para seu completo choque, o Comandante simplesmente lhe pede que jogue Scrabble com ele. Ele revela que vai a Washington na semana que vem para participar de reuniões, mas diz que gostaria de ver Offred novamente em particular quando voltar. Depois de voltar para seu quarto, Offred começa a rir histericamente, tentando abafar o som com a mão. O próximo dia, Offred está a caminho de conhecer Ofglen e parece se divertir com o aparente ciúme de Nick sobre sua reunião secreta com o Comandante. Offred pretende contar a Ofglen o que aconteceu, mas quando ela se aproxima dela, fica chocada ao ver uma aia diferente. Desconfiada dela, Offred dá as saudações habituais antes de perguntar se Ofglen foi transferida tão cedo. A outra aia simplesmente responde que ela é Ofglen e não diz mais nada. Offred é forçada a aceitar isso, mentalmente exclamando "Fuck!".

Late

Rita e Serena Joy começam a tratar Offred com muito mais gentileza, inclusive dando-lhe guloseimas e flores. Ela está inicialmente confusa, até que Rita explica que, devido ao atraso da menstruação, elas esperam que ela esteja grávida. Serena convida Offred para ir a casa dos Putnam para ver Angela. Offred consegue segurar Angela e descobre que Janine mordeu a senhora Putnam quando ela tentou levar Angela. Offred vai ver Janine, que diz a ela que seu Comandante a ama e quer fugir com ela. Offred fica surpresa e cética, mas não diz nada.

Enquanto Nick está lavando Offred para casa, ela tenta conversar, notando que ele parece chateado com alguma coisa. Enquanto eles chegam em casa, Nick diz que ser forte ou corajosa não vai funcionar porque eles sempre descobrem no final e ela deve contar tudo a eles. Offred, em seguida, vê uma van preta estacionada.

Dentro da casa, Offred é interrogada por um Olho e Tia Lydia sobre Ofglen. Ela responde da forma mais honesta possível, enquanto omite o fato de que Ofglen é membro de uma rede rebelde. Eles então sugerem que Ofglen pode ter tentado "tocar" Offred, o que ela nega. Quando Offred admite que sabia que Ofglen era uma 'Traidora do Gênero', eles perguntam por que ela não relatou a conversa. Offred responde que Ofglen é sua amiga. Tia Lydia diz a ela que Ofglen é uma "abominação contra Deus", irritando Offred. Quando Lydia diz a ela para "lembrar das Escrituras", Offred desafiadoramente cita outra passagem da Bíblia: "Bem-aventurados os que sofrem por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus".

Enfurecida, Lydia se esquiva e começa a espancá-la, mas é interrompida por Serena, que declara que está grávida. Offred, recuperando-se em seu quarto, é visitada por Nick, que trouxe gelo para seus ferimentos. Ele confessa que gostaria de ter ido embora com ela, eles compartilham um momento breve mas íntimo antes de Nick sair abruptamente. Mais tarde naquela noite, no entanto, Offred percebe que ela não está grávida quando menstrua.

Na manhã seguinte, Offred relutantemente vai conversar com Serena Joy, que está arrumando um quarto vago, aparentemente para o bebê. Ela conta a Offred como ela e Fred lutaram por anos para conseguir, mas ela nunca perdeu a fé e acredita que Deus fez um milagre para ela na forma de Offred. Ela é então forçada a confessar que começou seu período de menstruação. Serena fica enfurecida com isso, arrastando Offred até o quarto, jogando-a no chão e gritando para ela que não deve sair. Ela ameaçadoramente lembra Offred que "as coisas podem ficar muito piores para você" antes de deixar Offred deitada no chão, chorando.

Nolite Te Bastardes Carborundorum

Offred ficou trancada no quarto dela durante a semana. Ela fica cada vez mais deprimida, presa sem nada para fazer. Enquanto explora seu armário, ela descobre que sua antecessora havia esculpido as palavras 'Nolite te bastardes carborundorum' na parede perto do chão. Ela tem flashbacks de uma visita a um parque com Luke e Hannah e também do tempo dela no Centro Vermelho, quando ela e Moira conspiraram para escapar.

Offred acaba dormindo no armário e é encontrada por Rita quando vem para lhe dar comida. Rita fica chocada com a visão, derrubando a bandeja e acordando Offred. Ela ajuda Rita a limpar a comida e insiste que está bem, alegando que desmaiou. Ela implora a Rita que não conte a ninguém, mas Rita avisa Serena Joy, que diz que deve ir ao médico.

Offred está ansiosa para poder sair, apenas para ser informada de que Nick a estará levando. Na clínica, o médico sugere a Offred que ela durma com ele para engravidar, já que o Comandante pode nem conseguir engravidá-la devido à esterilidade. O médico diz que ele fez isso com outras aias, assegurando-lhe que "leva apenas um minuto" e lembrando-a de que ela será culpada se não puder engravidar. Offred, no entanto, declina sua oferta, dizendo que é muito perigoso.

Em seu caminho para casa, Offred tem mais lembranças de seu dia com sua família e tem uma pequena recaída, chorando, gritando e batendo na porta do carro. Durante a Cerimônia, o Comandante é incapaz de obter uma ereção e Serena Joy ordena que ela saia. Mais tarde, Offred vai ver o Comandante em seu escritório. Ela pergunta a ele sobre a frase em latim. Ele revela que é pseudo-latino e significa "Não deixe que os idiotas te desanimem" e Offred percebe que sua antecessora ouviu isso dele. Ele pergunta se Offred conhecia a aia anterior; Offred é evasiva e pergunta o que aconteceu com ela. O Comandante revela que ela se enforcou no lustre que costumava estar em seu quarto. Offred, vendo uma chance de manipular o Comandante, convence-o a permitir que ela saia, dizendo que ela está "desistindo".

Offred está feliz por finalmente ter permissão para sair de novo. Ela se junta à nova Ofglen e outras aias em seu caminho para a loja, lembrando-se da frase que sua antecessora esculpiu como uma mensagem para ela.

Faithful

Offred e o Comandante Fred continuam seu jogo noturno de Scrabble. Numa dessas noites, o comandante presenteou Offred com um presente; uma revista de moda de antes de Gilead. Serena Joy chama para Offred para lhe dizer que pediu a Nick para tentar engravidar Offred. Ela suspeita que o Comandante é infértil, então antes da Cerimônia, Serena Joy planeja levar Offred ao apartamento de Nick.

Nas compras no mercado, Offred e algumas outras aias correm para Ofsteven (anteriormente Ofglen) onde ela descobre sobre o Mayday. A novo Ofglen pega Offred antes que ela possa saber mais. Ela diz a Offred que ela costumava ser uma descrente, mas que gosta de ser uma aia porque tem um lugar seguro para dormir e as pessoas de sua casa são legais.

Serena Joy secretamente leva Offred ao apartamento de Nick, onde ela espera enquanto fazem sexo. Eles terminam, e Serene Joy diz a Offred para deitar em seu quarto, depois de fazer uma oração para encorajá-la a engravidar.

Mais tarde naquela noite, durante a Cerimônia, o Comandante toca a coxa de Offred e olha para ela, o que é proibido. Ela tenta dizer isso a ele, mas é repreendida, chamada de adúltera e mandada embora. Em sua conversa que se seguiu, o Comandante admite que, enquanto eles estavam construindo um mundo melhor, sabiam que "melhor nunca significa melhor para todos, sempre piora para alguns". Offred fica mal e vai vomitar na pia da cozinha, onde ela encontra Nick. Ela pergunta se ele é um Olho e ele diz a ela que sim. Ele pede desculpas por mais cedo e explica que não poderia dizer não a Serena Joy.

No dia seguinte, no mercado, Offred encontra Ofsteven, que a encoraja a participar do Mayday. Ela também conta a Offred seu nome real, Emily, antes de roubar um carro e atropelar um dos guardas. Ela é levada enquanto as Garotas olham com horror e pânico.

Ao chegar em casa, Offred entra no apartamento de Nick, onde fazem sexo.

A Woman's Place

Uma delegação do governo mexicano visita a casa do Comandante em um esforço para criar parcerias comerciais e ver os efeitos do movimento cultural de Gilead. A chefe da delegação mexicana, a senhora Castillo, é a mulher que questiona Offred sobre sua experiência em Gilead. Com grande autocontrole, Offred diz: "Eu encontrei a felicidade". Após a reunião, Offred visita o escritório do Comandante para suas discussões habituais, onde algumas tensões se agitam entre eles. Ele pede a ela para beijá-lo "como você quis dizer isso". Ela beija o Comandante e sai, ferozmente escovando os dentes depois. As aias são levadas a uma festa para homenagear Gilead e mostrar aos estrangeiros seu sucesso, inclusive apresentando os filhos de Gilead. Alma observa que eles estão interessados ​​em mulheres férteis como uma mercadoria a ser negociada entre as duas nações.

Depois do jantar, Offred visita Nick, culpando-se ferozmente por manter silêncio sobre a verdade brutal de seu destino. Ela revela seu nome verdadeiro, June.

No dia seguinte, quando os estrangeiros estão saindo, Offred diz a eles a verdade brutal sobre Gilead e os acusa de tráfico humano. Ela pede ajuda, mas a embaixadora mexicana alega que ela não pode ajudar Offred e explica a terrível situação de seu próprio país. Quando Offred é deixada sozinha com o senhor Flores, assistente da embaixadora, ele informa a ela que Luke está vivo e bem no Canadá, enquanto Offred presumiu que ele foi morto quando foram capturados na fronteira (embora ela não tenha testemunhado sua morte, ela ouviu tiros sendo disparados e nunca mais o viu). Flores sabe o nome completo de Luke, data e local de nascimento, e também conhece o verdadeiro nome de Offred antes de conhecê-la, sugerindo que o que ele diz pode ser verdade. Flores se oferece para ajudar dizendo que pode enviar uma mensagem para ele.

Jezebels

Offred senta na cama enquanto Nick dorme, tentando se lembrar do marido, Luke. Torna-se evidente que ambos realmente se importam um com o outro. Offred retorna ao seu quarto e fica surpresa ao encontrar o Comandante Fred Waterford esperando por ela, incluindo maquiagem, um vestido ousado e sapatos de salto alto. Depois de raspar as pernas e vestir-se, os dois, conduzidos por Nick, dirigem-se para um destino surpresa. Disfarçada como Serena Joy Waterford, Offred passa pelos guardas.

Fred, Offred e Nick entram pelos fundos de um edifício, serpenteando pelos corredores e elevadores, encontrando-se no Jezebel's , um clube de sexo/ bordel secreto onde homens de Gilead frequentam. Visivelmente abalada, Offred vê Moira do outro lado do bar. Tendo que esconder o choque, Offred se desculpa com o banheiro das mulheres e encontra Moira. As duas têm uma reunião emocional, mas Moira é expulsa por um superior. Moira diz a Offred para encontrá-la mais tarde.

Fred e Offred estão em um quarto e, como Waterford conta tudo a Offred sobre suas frustrações e medos, ele a seduz. Offred silenciosamente chora quando ele avança sobre ela. Mais tarde, enquanto Waterford está dormindo, Offred sai escondida para ver Moira. Moira conta a ela sobre sua fuga, a última vez que elas se viram, e como ela encontrou seu lugar em Jezebels. Depois de insistir que elas não podem escapar, Moira manda Offred embora.

Serena Joy retorna da casa de sua mãe na manhã seguinte. Enquanto Nick leva suas malas pela cozinha, Offred percebe a indiferença de Nick e pergunta se pode vê-lo mais tarde. Quando ele diz que não quer mais vê-la porque é muito perigoso, ela exige uma razão dizendo que se ela de fato é assassinada por suas ações, pelo menos alguém vai se lembrar dela. Ela menciona que não sabe nada sobre ele e ele diz a ela que seu nome completo é Nick Blaine e que ele é de Michigan, mas isso é tudo. Offred deixa o quarto chateada.

A caminho de seu quarto, Serena Joy a detém e lhe dá de presente uma caixa de música com uma bailarina girando no Lago dos Cisnes de Tchaikovsky. Offred usa a chave para esculpir "Você não está sozinha" ao lado da mensagem em latim no armário.

The Bridge

Offred procura Alma para se tornar parte do "Mayday" e contribuir com o movimento de resistência. Alma resiste a princípio, mas acaba aceitando a oferta de Offred e lhe dá sua primeira missão - pegar um pacote misterioso em Jezebel e segurá-lo até novo aviso.

Offred vai ao escritório de Fred para flertar com ele e convencê-lo a levá-la novamente para Jezebels. Ele cumpre e escapam naquela noite depois que Serena vai para a cama. Quando eles estão no clube, vão direto para o quarto. Waterford ordenou a Offred uma "surpresa" - uma garota, Ruby, também conhecida como Moira. Ele notou que elas pareciam amistosos da última vez que estavam no clube, então ele achou que seria uma boa surpresa. Moira está furiosa porque Offred está de volta ao clube e faz parte do movimento de resistência. Ela se recusa a pegar o pacote para Offred.

Offred não é capaz de recuperar o pacote quando ela está no clube, eles voltam para casa. Na manhã seguinte, Serena acorda Offred para se apressar em ajudar Janine, que está ameaçando pular de uma ponte com sua filha para ser livre. Offred a convence a soltar o bebê, o que Janine faz logo antes de pular. Ela acaba em coma.

Offred é vista em seguida indo ao supermercado onde ela pede um pouco de carne. O açougueiro dá a ela o pacote secreto que ela deveria recuperar em Jezebels, com um bilhete de Moira junto.

Night

Serena descobre que Offred foi para o clube de Jezebels com Fred e bateu no chão para puni-la. Ela então força Offred a fazer um teste de gravidez, que mostra que Offred está grávida. Offred se sente mal depois de ouvir a notícia porque não quer trazer uma criança para este mundo injusto. Ela então revela a Nick que está grávida, para sua grande surpresa. Sabendo que a criança é quase certamente sua, eles compartilham um breve momento de ternura.

Serena, em seguida, leva Offred em uma viagem surpresa, a várias horas de distância. Serena se encontra com Hannah, a filha de Offred, para mostrar a Offred que se ela prejudicar a si mesma ou ao bebê, então Hannah estará em perigo. Offred grita e chama Serena de "monstro do mal". Offred, em seguida, recorre à Fred para pedir-lhe por proteção de sua filha.

Todas as aias são chamadas a se unir para apedrejar alguém que pôs em perigo uma criança. Para sua surpresa, esse alguém é Janine. As aias hesitam e Ofglen 2 é brutalmente espancada por um guarda quando ela sai do lugar e exprime sua recusa furiosa. As outras mulheres, começando com Offred, soltam suas pedras, cada uma dizendo "Desculpe, Tia Lydia" (uma frase que elas aprenderam no início de sua doutrinação). Os guardas estão prontos para matá-las, mas Tia Lydia diz freneticamente que as aias são de sua responsabilidade. Tia Lydia promete que todas serão punidas e as manda para casa.

Na última cena, Offred está em seu quarto esperando alguém vir e puni-la. Nick entra e diz para Offred "Basta ir com eles" e insiste que ela confie nele. Dois guardas armados entram e levam Offred para longe, para surpresa de Serena e Fred. Offred sai de bom grado, insegura se este é seu fim ou um novo começo.
Continua após a publicidade

Presente, segunda temporada

June

Offred, juntamente com outras aias, é levada para um campo de beisebol abandonado, rapidamente revelado como um Fenway Park deserto, mas ainda muito reconhecível. Lá há andaimes erguidos com forcas. Cada aia recebe uma corda e a alavanca é puxada. Em vez de cair completamente e quebrar o pescoço, a plataforma cai apenas alguns metros. Tudo era apenas uma tática de intimidação psicológica criada por Tia Lydia.

As aias são forçadas a se sentar na chuva com as mãos estendidas enquanto seguram uma pedra. Tia Lydia anda pelo meio eletrocutando-as, mas pára quando é informada da gravidez de Offred. Offred é removida do exercício e levada para dentro para se secar. Tia Lydia, animada com a perspectiva de um novo filho, toca o sino.

Tia Lydia oferece a Offred uma tigela de sopa, mas ela diz que não está com fome. Ela diz que vão cuidar dela enquanto estiver grávida, desde que seja uma boa menina. Janine é mencionada e Tia Lydia diz a Offred que ela foi enviada para as Colônias. Para mostrar a ela o que vai acontecer se ela continuar a ser desafiadora, Tia Lydia a leva para ver outra aia grávida. Ela está acorrentada em uma sala. Offred decide que está com fome e é levada de volta para o refeitório. Lá, as outras aias molhadas são forçadas a formar duas linhas retas. Tia Lydia as pega uma por uma e as acorrenta ao fogão. Ela queima suas mãos como punição pelo desafio.

Offred é levada para ser examinada por um médico. Comandante Fred e Serena Joy estão lá com ela. O bebê é mostrado na tela de um monitor e Serena beija a testa de Offred em agradecimento. Offred é deixada sozinha e começa a colocar seus sapatos quando uma chave cai de sua bota. A chave a leva para a escada e ela segue marcas vermelhas que a levam até um longo túnel abaixo da instalação. No final, há um caminhão refrigerado carregado de porcos esperando por ela para levá-la para longe deste lugar.

Serena bate em seu marido enquanto ele tenta encontrar Offred. Ela vai até o antigo quarto de Offred e senta-se no peitoril da janela.

Quando o caminhão pára novamente, um açougueiro a leva a um prédio corporativo vazio e pede para ela ficar até que alguém venha buscá-la. Nick está lá esperando. Ele diz a ela para tirar suas roupas e cortar o cabelo. Ela tira a roupa e as queima junto com as mechas de cabelo que cortou. Ela usa a tesoura para remover a etiqueta da orelha dela. Finalmente está livre.

Unwomen

June está deitada na parte de trás de um caminhão que a leva para um local seguro, o que parece ser um edifício industrial abandonado genérico, mas mais tarde revela ser a sede do jornal Boston Globe. Ela ouve sirenes se aproximando e surta, mas ninguém entra para encontrá-la.

June perambula pelo Boston Globe. Andando entre os cubículos de escritório, ela silenciosamente recolhe objetos que caracterizaram o mundo antes de Gilead. Artigos esportivos (em particular o Boston Red Sox), fotos de família e bugigangas decoram todos os cubículos abandonados; ela até encontra um DVD de Friends. June depois desce até o porão, onde ela se depara com uma linha de forcas pendurada nas vigas. Ela então se volta para a parede, que está manchada de sangue e cheia de buracos de bala. June fica horrorizada e enojada ao ver o que ali obviamente aconteceu um massacre e chora brevemente em silêncio. De repente, ela ouve barulhos. Ela se esconde, mas é apenas Nick. Ela pede a ele para tirá-la do lugar porque é um matadouro. Ele diz a ela que ela tem que esperar duas semanas. Ela diz a ele que eles precisam encontrar Hannah, mas ele diz que não. Ela pede que ele lhe dê as chaves do carro. Ele dá a ela as chaves e uma arma. Ela vai até o carro para sair. Nick fica lá olhando para ela. Ela começa a bater no volante porque sabe que não vai sair. Ela sai do carro e devolve as chaves e a arma. Eles começam a se beijar e fazer sexo. Eles terminam e ela olha para ele. Ele diz a ela que ele não pode mais. Ela diz para tentar.

June assiste a Friends em um laptop. De repente, ela se levanta e pega uma caixa. Ela vai de mesa em mesa e pega coisas de cada uma para colocar nela. Ela faz uma vigília de velas para as pessoas que foram assassinadas no andar de baixo.

Baggage

June é vista correndo pelo Boston Globe enquanto se exercita. Ela pára em frente ao mural e ficamos sabendo que ela está no prédio há dois meses. Nós a vemos ouvindo uma gravação de uma entrevista com um dos primeiros membros do "Sons of Jacob" e vasculhando recortes de jornais. Ela coloca os recortes nas paredes em categorias como "Estrutura de Poder", "Militarização" e "Restrição de Direitos Civis". Enquanto olha para a parede, ela "diz" os recortes em uma voz "Você estava lá o tempo todo, mas ninguém notou você". Depois pensa em sua mãe, Holly, como ela a levou para uma o "Take Back The Night" quando era jovem. As mulheres que protestavam jogavam pedaços de papel com os nomes de seus estupradores nas latas de lixo para queimar. Enquanto isso, no presente, Nick chega e dá café para June. Ele diz a ela que provavelmente deve sair em breve. Ele promete voltar na terça-feira. June diz que ela não pode sair e Nick diz que será melhor para todos. June responde que melhor nem sempre significa melhor para todos, e depois de algum consolo, eles se abraçam.

June verifica a garagem e é informada de que ela vai sair. Depois de ter certeza de que as coisas que deixou para trás serão descartadas, ela pega o casaco e sobe na traseira do caminhão. Ela olha de volta para o prédio enquanto se afastam, lamentando o tempo que June vai até a casa de sua mãe para pegar uma batedeira, e enquanto ela está lá, ela diz ao grupo de amigos de sua mãe o que ela faz para viver. Todos parecem impressionados, com exceção da mãe de June, que parece estar mais interessada nas atividades de Moira. June é deixada em outro local e disse que alguém viria junto para buscá-la em breve. Ela olha ao redor e encontra muitas placas que foram retiradas das ruas, já que tinham palavras que as mulheres poderiam ler. De repente, alguém chega e pergunta se ela é uma bruxa boa ou uma bruxa má. Assustado, Omar, olhando para ela. Ele diz a ela para ir com ele, e que eles vão contrabandear ela para o Canadá. Ela pergunta quem são eles e ele diz alguém corajoso, estúpido ou ambos. Enquanto caminham até o carro, ele recebe um alerta de que a casa segura para onde ele vai levá-la não está segura. Ele tenta deixá-la para trás, mas June implora para ele levá-la com ele. Espetando, o homem a coloca na parte de trás do carro dele. Ela agradece a ele, mas ele diz a ela para descer.

Ele a leva para sua casa, onde sua esposa Heather não a aprova, e tem uma discussão com o marido. Enquanto eles conversam, o filho deles brinca com June até eles voltarem. A esposa diz que não pode acreditar que June deixaria seu bebê para outras pessoas. No dia seguinte, a família sai para a igreja, enquanto June fica no apartamento, assegurando que o casal retornaria às duas horas. Durante um flashback, a mãe de June pergunta se ela gosta do trabalho como editora, para a qual June responde positivamente. Sua mãe diz a ela que ela se sacrificou por ela, e depois pergunta sobre Luke e diz a June que ela não acha que June deveria se casar com ele. Sua mãe diz a ela que acha que é um erro. Assim como June volta à realidade, alguém bate na porta. June se esconde embaixo da cama, onde ela descobre um Alcorão, bem como um tapete para rezar. June então vagueia pelo apartamento por estar aborrecida enquanto pensava em Hannah.

June começa a pensar na vez em que Tia Lydia mostrou às aias uma apresentação de slides de todas as coisas horríveis que aconteceram com as mulheres, e o plano de Gilead de voltar a fertilizar as Colônias, uma das fotos é da mãe de June trabalhando nas Colônias, o que deixa June perturbada, e Moira dá a mão para June para consolá-la. Mais tarde na cama, Moira pergunta a June como ela acha que eles capturaram sua mãe. Moira diz que não sabe, e June diz que não é seguro o que ela está fazendo. Moira concorda com ela, e June que sua mãe tinha a sensação de que isso aconteceria. June diz que ela "esperou antes", mas jura que não vai repetir seu erro. Ela então rouba uma das roupas da econowife e caminha para uma estação. Ela pega um trem e analisa um mapa que escondeu no uniforme para verificar aonde está indo e decide pegar o trem até a última parada. Quando ela sai, ela atravessa a floresta. Ela pensa em Hannah enquanto corre e como Hannah a deixou uma vez, mas agora June tem que deixá-la. Ela chega a um campo que parece ter abrigado um aeroporto regional pré-Gilead, com pista e tudo.

Depois de um breve interrogatório do contrabandista do Mayday que ela deveria encontrar, June embarca em um avião com outro refugiado que afirma ter sido o motorista do Comandante Wells. June relembra sua mãe e como eles cantaram Hollaback Girl em um carro durante uma viagem, bem como pensando em Hannah. No entanto, assim que o avião parte, os Guardiões interceptam a aeronave e atiram, uma bala perdida bate no outro refugiado no carro e forçam o avião a pousar. O piloto é forçado a sair do avião e executado (presumivelmente) por traição. Depois disso, os Guardiões abrem a porta, primeiro pegando o motorista, e então, apesar de suas melhores tentativas de fuga, agarrar June e forçá-la a sair também.

Other Women

June é levada de volta ao Centro Vermelho, onde ela é recodificada e acorrentada a uma cama. Como Tia Lydia explica, os Waterford estão dispostos a levar June para um "teste". A outra opção de June é ficar naquele lugar, contando flores na colcha (são 71) e ser executada depois de dar à luz.

Os Waterford cumprimentam-na com firmeza e formalidade. O Comandante Fred fala do tremendo esforço que levou para salvar June de seu "sequestro" nas mãos de uma "rede terrorista insidiosa". Serena depois corre para o quarto de June e a coloca em um estrangulamento. Quando June recupera o fôlego, lembra Serena de que "enquanto meu bebê estiver seguro, o mesmo acontecerá com você". Tia Lydia vê June se banhar e se certifica de que ela limpa as "bactérias desagradáveis ​​lá embaixo".

Na primeira manhã de June na casa dos Waterford, Rita dá de volta a ela o pacote de cartas do Mayday que ela estava guardando nos últimos 92 dias porque "ela não pode" mais. June esconde as cartas atrás da banheira.

Lá embaixo, todo mundo está se preparando para a festa do chá de bebê naquela tarde. Tia Lydia ainda está por perto e força June a beber um batido de vitaminas especialmente preparado, que ela cospe.

Na festa, Serena abre um monte de presentes artesanais das outras esposas. June, que deveria ficar em silêncio, fala que o bebê chutou pela primeira vez na noite passada. Serena se retira para o jardim para fumar um cigarro. Lydia diz a Serena que tudo o que acontece agora deve ser para o bem da criança e, portanto, ela deveria parar de fumar.

Quando algumas aias chegam à festa, Alma brevemente informa a June que o Mayday ficou em silêncio e "parou de ajudar as aias". Ela acrescenta que Ofglen 2 teve sua língua cortada, que é a parte que não é culpa de June, apontando para seu pulso marcado.

A Tia Lydia leva June ao rio, onde os homens estão pendurados no muro. Lydia identifica um deles como Omar, o motorista da vã que abrigou June. Lydia informa June que sua esposa se tornou uma aia e o filho foi doado. Lydia enfatiza que June é responsável pela morte de Omar, não Offred.

Naquela noite, June pede perdão à frente de todos os membros da família Waterford e volta a ser Offred. Serena depois rasteja na cama com Offred e acaricia seu estômago. Quando Serena sai, Offred vai para o armário, repetindo para si mesma: "Minha culpa. Minha culpa. Minha culpa."

Seeds

À noite, Offred começa a queimar as cartas do pacote na pia da cozinha e é interrompida por Nick, que leva as cartas restantes para si.

Tia Lydia ainda está monitorando regularmente a gravidez de Offred na casa dos Waterford. Ela a pesa, mede o tamanho do bebê, considera seu estado mental. Ela até consegue fazer anotações com um lápis, em um caso de "dispensação especial" para tias, como explica Serena surpreendida, que incentiva Tia Lydia a sair e fica ofendida quando Lydia diz que um de seus trabalhos é observar "humor" da casa em que Offred está carregando o bebê.

Serena leva Offred para um passeio, onde encontram Grace e Naomi com o bebê de Janine que já está de dentição (e, portanto, um pouco nervosa). Naomi acha que a dentição é uma maneira de Deus "testá-la".

No banheiro, Offred percebe que está sangrando. Mais tarde, ela está mergulhando em uma banheira cheia de sangue. Ela mantém sua rotina depois, no entanto, continuar como se nada estivesse errado. Apenas Rita percebe que está enfraquecendo.

Os Waterford dirigem-se a uma Prayvaganza presidido pelo Comandante Pryce, no qual as aias e esposas se sentam em filas enquanto uma cerimônia acontece abaixo. Nick , entre outros Guardiões , é levado ao andar principal. Noivas jovens, com os rostos cobertos por véus, marcham até o centro e ficam em pé diante dos homens sendo "honrados". Enquanto Nick ergue o véu de sua noiva, ele vê uma garota, Eden, que é muito mais jovem do que ele.

Os Waterford com Offred, Nick e Eden retornam do Prayvaganza. Quando Offred se retira para seu quarto, ela luta pelas escadas, ainda evidentemente sangrando. Ela se move até seu quarto.

Nesse meio tempo, Nick e o Comandante compartilham uma bebida comemorativa para fechar a noite, brindando a "boas mulheres". Ao voltar para seus aposentos, Nick encontra Offred do lado de fora, desmaiada e coberta de sangue, e grita por ajuda.

Offred acorda em uma cama de hospital, Serena dormindo em uma cadeira em frente a ela, e parece atordoada por ela e pela sobrevivência do bebê. Ela vai buscar o médico. Deixada sozinha, June fala com seu filho não nascido: "Você é durona, não é? Eu não vou deixar você crescer neste lugar. Eu não farei isso. Você me ouve? Eles não possuem você. E eles não possuem o que você se tornará. Eu vou tirar você daqui. Eu vou nos tirar daqui. Eu prometo."

First Blood

Durante uma ultrassonografia, o médico diz a Serena que o sangramento de Offred foi devido a um hematoma subcoriônico e ela deve estar bem agora, acrescentando que o bebê "precisa de harmonia dentro da casa". De volta a casa, Serena fez a Offred ficar na sala de estar para não ter que subir e descer as escadas. Em um momento sozinho com Offred, Nick aponta que ele não teve a opção ao se casar com Eden e ainda pensa em "nós três".

Naquela noite, Nick e Eden jantam em seu apartamento, onde ela diz a ele que sua mãe lhe ensinou "sobre tudo" que seria esperado dela como esposa. Nick sai para fumar. Enquanto isso, Serena se senta no sofá enquanto Offred se prepara para ir dormir e deixa Serena colocar as mãos em sua barriga.

No dia seguinte, Eden conta para Offred sobre a indiferença permanente de Nick. Ela teme que ele seja um traidor de gênero. Offred a tranquiliza de que ele será "um grande pai para seus filhos".

Serena convida quatro aias (Alma, Ofglen 2, Oferic e Ofsamuel) para um almoço surpresa com Offred. Mais tarde, Serena leva Offred até o berçário para ver a decoração. Quando Offred pede para ver Hannah, Serena se recusa furtivamente e ordena a ela que tire suas coisas do andar de baixo para voltar ao seu antigo quarto.

Quando Nick fala com Offred logo depois, ela insiste que ele tem que deflorar sua esposa. Naquela noite, Nick e sua nova noiva fazem sexo pela primeira vez.

Fred entra no quarto de Offred enquanto ela dorme e mostra uma polaroid de Hannah em seu uniforme rosa. Offred agradece e chora enquanto olha para a foto, que o Comandante toma como um convite para começar a passar a mão em sua barriga, depois seu seio, dizendo que sentia falta dela. Ela responde que o sexo provavelmente não seria bom para o bebê. Ele recua rapidamente, deixando a foto com ela.

Para a inauguração do novo Centro Vermelho, comandantes de todos os distritos estão lá. Enquanto o Comandante Waterford se dirige aos homens que se reuniram, um monte de aias estão ao longo da parede do fundo do auditório. Ofglen 2 sai da formação e vira-se para suas companheiras, levantando uma das mãos para que todos possam ver que ela está segurando um detonador. As mulheres começam a correr. Ofglen corre para a assembléia, ergue a mão mais uma vez e aperta o botão. Enquanto as mulheres vestidas de vermelho correm para uma distância segura, uma enorme explosão balança o lugar.

After

No rescaldo do ataque do Centro Vermelho, as aias, todas em roupas pretas, se reúnem em um traje fúnebre. Tias estão alinhando o caminho para os caixões vermelhos esperando que elas chorem. Tia Lydia lê os nomes (patronímicos) das 31 aias falecidas. No veículo a caminho de casa, as aias falam sobre as que perderam. Casas por toda a cidade estão marcadas com corpos pendurados na frente de casas, mostrando a ira da República.

Offred armazena sua roupa de luto em uma pequena mala. Pouco depois, Rita anuncia que há um visitante para Offred. O Comandante Cushing está na casa de Offred e ordena que Rita o deixe sozinho com a aia. Em vez de perguntar sobre sua parceira Ofglen, Cushing quer saber quem a ajudou a deixar Gilead. Ele não acredita que sua história foi de um sequestro e pergunta se o Comandante Waterford a ajudou a fugir em vez disso. Offred adere à sua história, o que o torna altamente desagradável. Do lado de fora da porta da frente, uma Martha é baleada na rua.

Offred chega ao hospital. Serena Joy está feliz em vê-la e mostrar a Fred que seu bebê está seguro. Offred sai da sala e vê Nick. Ela chora no ombro dele dizendo que uma Martha foi baleada e que Cushing quer saber quem ajudou Offred quando ela saiu. Nick promete que não vai "deixar nada acontecer" com ela.

Em casa, Serena Joy fala sobre o Comandante Ray Cushing com Offred e diz que ele sempre foi um fanfarrão mesmo quando eles passaram férias em Antígua junto com sua esposa Sonia. Ela quer que ela seja muito cuidadosa com o que diz a Cushing. Offred lembra Serena que toda a casa do Comandante Deeds foi morta, e se Cushing chegou a acreditar que ela tem uma conexão com o crime, ele não hesitará, nem nunca deixaria um bebê crescer naquela casa.

Na mercearia, Janine cumprimenta Offred para a surpresa. Ela diz que Deus tem um plano para ambas, apontando na direção de Emily. Offred cumprimenta Emily, em seguida, revela que seu nome é June, reconhecendo que ela nunca teve a chance de contar a ela. Sentindo-se motivada, Offred se apresenta como June a Oferic, que revela seu nome como Brianna. Incentivadas pela confiança, as aias começam a trocar seus nomes verdadeiros umas pelas outras.

Serena Joy pede a June para acompanhá-la ao escritório onde ela já criou novas políticas de segurança, explicando que gostaria que as coisas voltassem ao normal. Lembrando-a de sua antiga profissão como editora, ela pede a June para ler os rascunhos. June pega uma caneta.

Women's Work

June e Serena trabalham juntas para fazer o trabalho do Comandante Fred enquanto ele está no hospital. O Comandante retorna à casa depois de ser hospitalizado e é recebido de volta por Serena e pela equipe. Serena repassa o trabalho que fazia para ele enquanto ele estava fora. Ele é grato, mas a leva para fora do escritório para que ele possa examiná-lo. No andar de cima, June encontra uma caixa de música e uma rosa em sua cama, supostamente um presente de Serena. Eden pergunta a Nick se ela pode decorar sua casa e ele diz a ela para fazer o que ela quiser. Serena diz a June que a bebê Angela não está bem. Ela sai para oferecer apoio a Naomi.

June vai até a loja onde ela encontra Janine e Emily. Janine chama sua nova casa de "bênção de Deus", já que é "apenas a Cerimônia", para a qual Emily responde que ser estuprada não é uma bênção e qualquer um que ajude Gilead merece ser explodido. Uma ambulância faz com que todos se ajoelhem e rezem pelo bebê. Brianna diz a Janine que ela ouviu que é Angela. Como Janine entra em pânico, June promete que ela vai descobrir mais sobre o que está acontecendo.

Mais tarde, Serena diz a June que o bebê não está bem e que eles não sabem o que há de errado com ela. June pergunta se há algo que elas possam fazer e Serena diz que poderiam perguntar a uma das melhores médicas, mas isso significaria driblar a lei. June diz que se fosse o bebê dela, ela faria o que pudesse. Serena pergunta a Fred se ele pode permitir que a médica, que agora é uma Martha, examine o bebê. Fred diz não, porque não podem questionar a vontade de Deus. Serena diz a June que Fred disse que não. June conta a Serena sobre Janine e como ela sabe sobre o bebê. June pergunta se Janine poderia ver o bebê, mas Serena diz a ela para não ser estúpida.

No hospital, Serena Joy pergunta a Naomi se Janine, que é trazida pela Tia Lydia, pode ver o bebê, depois de June sugerir isso como uma maneira de salvar Janine, que já era instável, depois de ouvir as más notícias sobre sua filha. Seu marido não se importa, mas Naomi está mais do que apreensiva em permitir que sua aia veja Angela. June leva Janine para ver a bebê doente na UTI. Uma ex-neonatologista famosa chamada doutora Hodgson chega como uma Martha e é informada sobre a condição de Angela pelo doutor Epstein, que está muito feliz em ver Hodgson. Ela executa vários testes no bebê, mas ainda é incapaz de identificar exatamente o que está errado com Angela. Naomi e Warren recebem as más notícias de Epstein enquanto Janine assiste impotente. Serena está muito chateada com Hodgson, mas o médico explica que não há muito mais que ela possa fazer e sugere que Angela deveria sentir-se confortável e aquecida. Com a sugestão de June, Janine consegue segurar a filha e até remove a máscara e as luvas para tocar e beijar seu bebê.

Serena e June chegam em casa e dizem a Nick que eles são procurados no escritório do Comandante. Fred diz a eles que ele sabe que Serena forjou sua assinatura para que Martha pudesse ver o bebê. Ele pergunta a June se é a letra dela em um dos papéis e ela diz que sim. Como punição, Fred chicoteia Serena com seu cinto e força June a assistir como ele faz.

Serena está no quarto chorando enquanto olha para as cicatrizes em suas nádegas. June pergunta a ela se há algo que ela possa fazer, mas Serena apenas a manda de volta para o quarto. Em vez disso, June desce e pede desculpas a Fred pelo que ela fez. Ela pergunta se ele vai perdoá-la e ele diz para ir para a cama.

Smart Power

Rita chega ao quarto de June e diz a ela que eles foram convocados. Eles são informados pelo Comandante Fred que ele e Serena estão indo para o Canadá, apresentando um novo Guardião, Isaac, para vigiar a casa durante sua ausência. Serena diz a Fred que ele não precisa dela, mas Fred diz que eles precisam mostrar ao Canadá que as mulheres não são oprimidas em Gilead.

Nick carrega o carro com a bagagem quando Eden aparece e lhe dá alguns biscoitos para levar consigo. Ela diz a ele que vai sentir falta dele, mas ele diz que só vai se ausentar por alguns dias. Serena vai ver June antes de sair. Ela diz a June que ela terá que sair da casa assim que o bebê nascer.

De volta a Gilead, Isaac está acompanhando June e Janine em uma saída de compras. Quando Janine começa a falar em voz alta, Issac ordena que ela fique quieta e se refere a ela como "não-mulher", referindo-se ao seu status anterior como prisioneira nas Colônias. Quando Janine responde que ela e June estão conversando e diz a Isaac para "chupar [seu] pau", Isaac a atinge na boca com sua arma, derrubando-a no chão. Ele então escolta June para casa.

Quando June e Isaac voltam para casa sem fazer compras, Rita questiona Isaac sobre o que ela deve fazer pro jantar naquela noite. Quando ele diz a ela que as compras foram interrompidas, Rita se afasta e começa a preparar o que ainda tem em casa. Ele então envia June para um cochilo e começa a falar com Eden sobre a geleia de morango que está fazendo.

No andar de cima, June fala para Rita sobre como Serena quer que ela saia de casa assim que o bebê nascer. Ela pede a Rita que cuide de sua filha quando ela ir embora, porque quer que sua filha conheça apenas gentileza, e Rita diz que fará o que puder.

No protesto, Luke confronta o Comandante Fred. Ele é levado pela polícia, mas não antes de Serena e Nick perceberem que ele é o marido de June. Serena e Fred dirigem-se para o quarto onde Fred diz que fizeram progressos com o governo canadense. Nick vai procurar por Luke e o encontra em um bar. Ele diz a Luke que June está bem, mas Luke diz que ela não está bem. Nick conta que June está grávida. Isso perturba Luke e ele diz para Nick sair, mas depois muda de ideia e vai atrás dele. Ele pergunta sobre Hannah, mas Nick não sabe se ela está bem. Nick dá a Luke a pilha de cartas que June lhe deu e diz a ele para espalhá-las de alguma forma. Luke pede a Nick para dizer a June que Moira conseguiu escapar.

Tia Lydia visita June. June conta sobre como Serena quer que ela saia logo após o nascimento do bebê. Tia Lydia diz a ela que essa é a prerrogativa de Serena. June diz a Tia Lydia que o bebê precisa de proteção. Tia Lydia promete que não deixará nada acontecer com a criança. Quando ela sai, ela diz tristemente a June que ela já foi a madrinha do filho de sua irmã na época anterior, que morreu aos quatro dias de idade.

Nick visita June e conta a ela sobre como as cartas vazaram para o público, como ele conheceu Luke e que Moira escapou. Ela começa a chorar e ele diz que a ama antes de voltar para Eden.

The Last Ceremony

Emily é forçada a fazer sexo com o Comandante Roy na Cerimônia com sua esposa. Ele tem um ataque e cai morto. Enquanto sua esposa vai buscar ajuda, Emily chuta-o nos testículos. Na mercearia no dia seguinte, Alma e Brianna falam sobre o incidente. June diz a Emily que Moira chegou ao Canadá e garante que ela vai ver seu filho novamente quando de repente começa a contrair. Ela é levada para casa de ambulância, onde Nick a ajuda a entrar na casa. Enquanto ele a acompanha pelas escadas, Eden observa. Serena sai e cumprimenta June.

Tia Lydia e outras aias chegam. Eles começam a arrumar a sala para o nascimento da criança. Lá embaixo, as Marthas estão arrumando na cozinha petiscos e iguarias. Além disso, o Comandante Fred está distribuindo charutos. Serena está em outra sala cercada de esposas enquanto finge ter um bebê. Tia Lydia interrompe a cerimônia e diz a ela que June só estava tendo falsas contrações. Eles chamam um médico para inspecioná-la e saber que ela não está nem perto de dar à luz. Isso perturba Serena, que diz a June que, após o nascimento, ela será transferida para outro distrito. June aborda o Comandante Fred sobre o que Serena quer e pede sua ajuda. Ela pede para ser transferida para perto. Isso perturba o Comandante que pede a ela para sair. Antes de partir, June diz que ele nunca saberá como é ter um filho próprio.

Comandante Fred e Serena falam sobre o bebê. Serena diz que o melhor caminho para o bebê chegar é o caminho natural. Rita diz a June que Serena quer vê-la. Quando ela sai, Rita diz a June que ela contará ao bebê sobre ela. Serena força June para a cama enquanto Fred a estupra. Ele a agride sexualmente para conseguir que o bebê chegue cedo. Depois, Serena e Fred saem do quarto deixando June sozinha enquanto ela chora. Eden tira o lixo e corre para Isaac. Eles compartilham um beijo quando Nick assiste da sacada. Eden percebe isso e corre até a casa para se desculpar. Ele diz para não se preocupar com isso e Eden pergunta por que ele não se importa com a traição. Ele não diz nada e Eden percebe que ele gosta de June. Nick diz a ela que nunca se envolveria com uma aia.

June está deitada na cama quando Fred entra em seu quarto. Ele diz a ela que planejou uma surpresa para ela. Ele a coloca em um carro e instrui Nick a trazê-la de volta em 3 horas. No caminho para onde eles estão indo, Nick pergunta o que aconteceu, mas ela não responde. Eles chegam em uma casa onde Hannah está esperando. Ela corre na direção dela, mas Hannah fica assustada e se esconde atrás de uma Martha. June pergunta se ela se lembra dela e Hannah acena com a cabeça, a Martha dizendo a June que o nome de Hannah foi mudado para Agnes. Hannah pergunta se doeu quando a atingiram na cabeça e se ela tentou encontrá-la. June diz que sim, mas Hannah pergunta por que ela não se esforçou mais. Hannah diz a ela que está tudo bem porque ela tem novos pais agora. Hannah percebe que June está grávida. O guarda diz que é hora de ir, então June diz a Hannah que sempre vai amá-la e que deve aproveitar sua vida. O guarda as separa, mas Hannah corre de volta para June. June diz a ela que tem que ir e que a ama. Hannah sai deixando June ajoelhada na neve enquanto chora.

De repente, Nick ouve outros carros se aproximando, então coloca June dentro de casa. Ele diz a ela para entrar e se esconder enquanto espera do lado de fora para ver quem é. Dois homens aparecem e atacam Nick, tomando-o como refém e deixando June sozinha. Ela é deixada sozinha no meio do nada.

Holly

Junho foi deixada para trás na mansão abandonada. Ela está do lado de fora no frio, olhando para o caminho para a estrada. Quando ela se vira, ela vê uma garagem separada. Ela tenta abrir a porta lateral, mas não consegue. Ela olha pela janela da porta da garagem e vê um carro. Ela tenta abrir a porta da garagem, mas não consegue. Ela olha para cima e vê um lobo observando-a.

Quando ela retorna à casa, ela pede desculpas em sua narração pela estrutura quebrada desta história, "como um corpo apanhado em fogo cruzado ou separado pela força". Lá dentro, ela começa a olhar através das gavetas. Ela descobre um escritório. Há troféus de caça (taxidermia) nas paredes. Atrás da escrivaninha, onde há uma foto de Hannah e de sua mãe, e na mesa há uma foto tirada por uma criança, presumivelmente Hannah. Ela se lembra de um dia em que deixou Hannah na escola e como Hannah não queria deixá-la ir depois dos "últimos abraços".

No escritório, ela encontra as chaves da garagem. Ela vai para a garagem e encontra um Camaro de 1980 preservado. Ela liga o carro, sintoniza o rádio e ouve a Radio Free America que a notícia de que o US Capital em Anchorage recebeu ajuda de dois países; que mais sanções foram recebidas do Reino Unido, e que o Reino Unido está planejando elevar o limite para os refugiados americanos se mudarem do Canadá. A locutora então diz, "a próxima música é lembrar a todos que estão ouvindo, patriotas americanos ou traidores de Gilead, nós ainda estamos aqui. Estrelas e listras para sempre". Isso faz June sorrir e lhe dá esperança. Hungry Heart de Bruce Springsteen começa a tocar. "Eu tenho uma esposa e filhos em Baltimore, Jack... Eu saí para um passeio e nunca mais voltei. Como um rio que não sabe onde está fluindo, eu tomei a decisão errada."

June sai do carro e volta para a casa. Ela junta comida, coisas de primeiros socorros e cobertor em uma bolsa. Ela coloca isso no carro e volta para o andar de cima, onde pega o casaco pesado do Comandante. Na frente do seu armário, ela olha para o perfil grávido no espelho de corpo inteiro. Ela se lembra de quando estava grávida de Hannah e estava se preparando para uma festa de lançamento de um livro com Luke. Sua memória termina quando ela ouve um veículo se aproximando.

Serena Joy e Comandante Fred chegam à procura de June. Quando eles entram, Fred chama o Comandante McKensie e sua esposa. Serena corre para o andar de cima e percebe que os armários de roupas foram abertos. Ela vê a capa de June, e desce as escadas. Serena e Fred discutem sobre June. Serena o culpa por tê-la deixado fugir. Ele diz que Nick não seria tão desleal e deixou June ver sua filha, o que ele acredita que a deixaria grata. Serena diz que ele é estúpido e que eles o odeiam, e é por isso que June continua fugindo dele.

Fred culpa Serena de crueldade constante a June por suas tentativas de fuga. Ela diz a ele que ele estuprou June na noite passada, ele aponta que foi ideia dela, e diz que isso foi "para consertar a bagunça dela". Serena em sua raiva diz que Nick é o pai do bebê de June. Ela pergunta a Fred se ele esperava que June retornasse depois dessa visita e agradecesse a ele. Ela o chama de idiota e ele a chama de puta.

Em um nível superior da casa, June espiona uma caixa aberta de munição. Lá dentro, ela encontra uma espingarda e a carrega. Lá embaixo, Serena confessa calmamente que desistiu de tudo pela "causa", e tudo o que ela queria em troca era um bebê. Fred a prende contra a parede dizendo que ela exigiu um bebê. Ela chora que ele a deixou sem nada. Ao mesmo tempo, June silenciosamente abriu uma janela na passarela e apontou a arma para eles. Serena chora que ela nunca segurará seu bebê, e Fred a consola. June ouve toda a conversa. Serena empurra Fred para longe e June desiste quando seu alvo se afasta de sua vista.

Fred continua a consolá-la, dizendo que eles não podem ter ido longe e ele vai ligar para a segurança local. Ele pede que ela saia e eles saem. June relaxa enquanto eles vão embora.

June tem uma contração intensa. Ela lembra de quando foi visitar o centro de parto que sua mãe trabalhava. June quer ter seu bebê em um hospital com "médicos, enfermeiras e muitas drogas". Sua mãe insiste que esteja lá para o parto, embora June tenha dúvidas de que a mãe esteja lá.

Ela retorna para a garagem, onde ela tenta abrir a porta da garagem com o controle (que não têm energia) e, em seguida, manualmente, mas não pode. Ela sobe no carro e tenta atravessar a porta, mas não se move. Ela sai e tenta cavar, mas escorrega e cai. Quando ela está lá, percebe que a bolsa acabou de romper e chora. Ela olha para cima e vê que o lobo a observa novamente, o que concentra sua atenção. Ela se levanta, volta para dentro da casa e prepara uma área de parto na frente de um fogo aceso da lareira. Ela se deita na frente e pensa em quando deu à luz a Hannah. June está progredindo através do trabalho de parto junto com Luke e Moira. Ela pergunta a Moira se sua mãe ligou e Moira diz que vai mandar uma mensagem de texto novamente. Quando June acorda, ela vê uma poça de sangue se formar abaixo dela. Ela se senta e garante ao bebê (e a ela mesma) que tudo vai ficar bem.

June volta para o lado de fora com a espingarda e tem outra intensa dor de parto, caindo de joelhos. Ouve um som e o lobo a observa novamente. Ela dispara dois tiros no ar na esperança de chamar a atenção de alguém. Ela olha na direção do animal que desaparece. Recarrega e atira novamente. Ela volta para dentro, tira as roupas e inicia o processo de parto de joelhos diante do fogo. Ela se lembra de seu processo de parto com Luke e Moira e, em seguida, Lydia treinando quando Janine deu à luz a bebê Angela, ela finalmente dá à luz a seu bebê. Enquanto ela fala com seu novo bebê, ela se lembra de ter Hannah recém-nascida quando sua mãe chega. Ela apresenta Hannah para sua avó, Holly. No momento atual, ela sussurra para o novo bebê que seu nome é Holly. Ela conta a ela que tem uma irmã mais velha que um dia conhecerá. Na narração de June, ela diz a Holly que quer que ela ouça essa história, e que ela ouça Holly, se tiver a chance, se encontrar ou escapar, seja no futuro ou no céu. Ela diz a Holly que acredita nela e em seu futuro.

Enquanto estão deitados lá, a luz do farol de um carro perpassa os vidros das janelas. June sussurra: "Nós fizemos isso, Holly".

Postpartum

No Centro Vermelho, June é vista usando uma bomba de peito quando a Tia Lydia chega. Ela elogia June em sua sobrevivência e dar à luz por conta própria. Uma das tias menciona que o leite que June de é menos do que ontem. Tia Lydia diz que já sabe disso. Aparentemente, Serena quer o leite. Tia Lydia diz a June que outras famílias fizeram ofertas para ela estar em suas casas.

Tia Lydia leva June para se encontrar com o Comandante e Nick, que trouxeram Nichole. June se recusa a ver o bebê, mas Tia Lydia diz que isso vai ajudá-la a produzir mais leite. É verdade porque, tão logo ela diz isso, seus seios começam a vazar. Fred se vira, June se oferece para cuidar de Nichole. Fred diz que não, mas Tia Lydia o convence a levar June de volta para casa para que ela possa bombear lá. June retorna com Fred, mas isso perturba Serena. Ela diz que June não pode tocar o bebê e que ela bombeie o leite no quarto.

June está usando a bomba de peito quando ouve o choro de Nichole. Ela desce as escadas com o leite e corre para Eden na cozinha. Eden pergunta se ela concorda que um bebê deve ser criado por duas pessoas que se amam. June diz a ela que acha que se deve agarrar o amor onde puder. No dia seguinte, Nick está procurando por Eden, mas não consegue encontrá-la. Nick diz a ela que seu bebê é tão bonito e que ele gostaria de poder segurá-la. June também diz ele. June diz a ele que ela quer nomear sua filha de Holly como sua mãe. Nick diz a ela que parece certo.

June está na cozinha ajudando a limpar a cozinha quando Rita é chamada por Serena. June aproveita para cheirar algumas das roupas de Nichole. Comandante Fred entra e pergunta por que Eden iria fugir. June diz que ela não sabe e ele pergunta onde ela estava se escondendo quando foram procurá-la na casa. Ela diz que no sótão e ele diz que ela estava evitando ir para casa com ele. June diz a ele que ela queria passar mais tempo com Hannah e ele pergunta como foi sua reunião. June diz que ficou surpresa ao vê-la. Fred diz que estava feliz por ter feito isso acontecer por ela. Ela agradece e ele pergunta se é tudo o que ele recebe. Ela se oferece para jogar scrabble com ele.

Rita acorda June e diz a ela que trouxeram Isaac e Eden de volta. Nick tenta convencer Eden a mentir, mas ela não vai. Ela pede a ele para perdoá-la, mas ele pede a ela para perdoá-lo, porque ele não foi gentil com ela. Eden e Isaac são levados a uma piscina. Eles estão acorrentados. Eles devem renunciar a seus pecados e implorar por misericórdia, mas os dois não o fazem. Eles são empurrados para dentro da piscina e os dois se afogam.

June desce e encontra Nick sentado à mesa. Ela tenta oferecer conforto, mas ele apenas se levanta e vai embora. Quando ela está voltando para cima, ela vê Serena no quarto do bebê. Ela pergunta a Serena se ela está bem. O bebê começa a chorar e Serena surpreendentemente oferece o bebê para June. June senta e segura Nichole. Ela começa a amamentá-la enquanto Serena assiste.

The Word

June e Rita estão lavando as roupas. Rita confessa que ela tratou Eden mal. June revela que ela dormiu com Nick. Rita diz que deveria ter tentado ajudar mais. June continua a passar pelas coisas de Eden. Ela encontra uma Bíblia Sagrada. June vai ver Serena e mostra a ela a bíblia e como Eden escreveu notas por toda parte. Serena diz que Eden tem escondido uma multidão de pecados. Isso perturba June, que pergunta a Serena como ela vai criar Nichole. Serena diz que ela será criada corretamente e entenderá a Palavra de Deus. June diz que ela não será capaz de ler e sai chateada.

Nick é visitado pelo pai de Eden, que pede desculpas pelo que Eden fez. O comandante Fred pergunta se ele tem outra filha e ele diz que sim. O Comandante Fred diz para ele se certificar de que a outra filha seja melhorada. O pai de Eden diz a eles como foi ele quem entregou Eden às autoridades. Isso choca June, que pergunta ao Comandante Fred o que ele fará quando eles vierem por sua filha. Ele fecha a porta e bate nela. Ela bate de volta nele. Ele a agarra pelo rosto e a empurra para baixo. Mais tarde, Rita ajuda June dando-lhe uma bolsa de gelo. Nick chega e Rita sai por um tempo sozinha.

June diz a ele que está tudo bem. Eles ouvem o bebê no andar de baixo para que ambos vejam ela. Rita está segurando ela, mas a entrega June. June, por sua vez, dá-a a Nick. Ela diz a ele para olhar o que eles fizeram e que ela o ama. No dia seguinte, a aia vai passear e passa no lugar onde Eden e Isaac estão pendurados. Ela conta as aias sobre a Bíblia que encontrou entre as coisas de Eden.

Emily diz a elas como foi sua primeira noite fazendo a Cerimônia com sua nova família. Emily também menciona que na próxima semana é o aniversário de seu filho. June diz que elas deveriam celebrar. Emily diz que está feliz por ver June novamente.

June abre a porta da frente e deixa Serena e Fred entrarem. Serena mal consegue andar, então Fred a guia para o quarto deles. Ele diz a June que eles tiveram um dia difícil, mas que a partir de agora tudo será melhor. June espera até ele sair antes que ela pergunte a Serena o que aconteceu. Serena começa a desembrulhar sua mão e mostra a ela que eles amputaram um de seus dedos. Ela diz que tentou e June se senta na cama e segura a mão dela.

June desce para a cozinha, onde Fred está chamando por Rita. Ela diz a ele que ela não pode acreditar que ele deixou que fizessem isso com Serena. Ele diz que todos têm papéis para ocupar e que Serena precisava ser lembrada do dela. Fred diz a ela que talvez June poderia ficar em casa com seu bebê e que eles poderiam tentar novamente, mas para um menino desta vez. Ela diz a ele para ir se foder.

June está alimentando Nichole quando ouve barulhos na rua. Rita entra e diz a ela que podem tirá-la, mas ela precisa sair agora. Rita diz a ela para onde ir, então June a abraça e sai. Dentro, Fred observa o que está acontecendo em seu escritório. Ele vai e pergunta a Rita o que está acontecendo, mas ela diz que não sabe. Percebendo que algo está acontecendo, ele corre para cima para checar Nichole. Nick segue-o e quando Fred diz a ele para montar uma frente de busca, Nick diz a ele para ficar dentro de casa.

Serena vê June com Nichole e tenta detê-las. June tenta convencer Serena a deixá-las ir. Serena pede para segurar a bebê uma última vez, e June deixa ela. Serena devolve a bebê e observa quando eles saem. June vai de Martha a Martha enquanto elas a guiam para fora de Gilead. Elas a levam para os trilhos do trem onde ela espera. Ela se lembra de quando ela cantou para Hannah. Ela mostra a foto de Hannah para Holly e diz a ela que talvez a encontre um dia. Um carro pára e Emily sai. Elas se abraçam, mas Emily pergunta o que está acontecendo. June diz que ela está saindo. Ela leva Emily para o carro, mas não entra. Em vez disso, ela dá a ela a bebê e fica para trás.

Notas

O nome June é derivado do latim Juno, que era o nome da deusa romana do casamento, do parto e das mulheres, a esposa de Júpiter, o soberano dos deuses, e a contraparte romana do grego Hera. Isso combina bem com os diferentes papéis de Offred (cujo nome verdadeiro é possivelmente June): ela é a esposa de Luke, uma mãe e depois uma "criadora" da República de Gilead e, finalmente, uma voz para as mulheres de Gilead.

Pôster primeira temporada






Pôster segunda temporada








Leia notícias sobre a personagem em The Handmaid's Tale Brasil