Handmaid's News

Entenda o nome do novo Centro Vermelho que o Comandante Fred estava inaugurando


A referência vem de histórias bíblicas

O episódio seis da segunda temporada de The Handmaid's Tale, intitulado por First Blood - veja a review - foi centrado no Comandante Fred enquanto ele dava os retoques finais para a abertura de um novo Centro Vermelho, que iria se chamar Centro Raquel e Lia, ao menos até aquele cliffhanger no final do episódio.

Acontece que o nome Raquel e Lia tem grande significado em Gilead. Na história bíblica de Jacó foi sua esposa infértil, Raquel, que ofereceu uma aia para ter seus filhos, um ato perverso de fé que deu às escravas sexuais de Gilead tanto o precedente cristão quanto o nome.

Mas Raquel não foi a primeira ou única esposa de Jacó. Ele passou sete anos trabalhando para seu pai, Labão, antes que o pai da noiva concordasse com o relacionamento - e, depois de todo esse trabalho, Labão furtivamente colocou Jacó com sua filha mais velha e menos atraente, Lia. Sorte para o apaixonado Jacó, a bigamia com resquícios de incesto não era um tabu nos tempos bíblicos, e Labão finalmente entregou Raquel a ele como uma segunda esposa, em troca de mais sete anos de servidão. Lia provou ser muito mais fértil do que sua irmã, dando ao marido quatro filhos logo que seu casamento foi consumado.

Se você pensar em uma analogia a Gilead, é fácil relacionar a função de June a Lia, aia da privilegiada, mas estéril, Raquel, vulgo Serena. 

Adblock Detectado

Você gosta desse conteúdo? Então nos ajude desativando o Adblock

Você pode desativar o seu adblock só em nosso domínio, ajude-nos a continuar levando conteúdo relevante para você :)

Muito obrigado, The Handmaid's Tale Brasil

×