Handmaid's News

Margaret Atwood critica o movimento feminista #MeToo


Margaret Atwood, escritora do livro The Handmaid's Tale que deu origem a série, criticou, em artigo, o movimento contra o assédio sexual #MeToo: “O movimento #Metoo é sintoma de um sistema judiciário falido”, escreveu ela na coluna intitulada “Sou má feminista?”, publicada no jornal Globe and Mail.

Leitores do portal, bem como defensores do movimento ficaram descontentes com a afirmação de Atwood que respondeu pelo Twitter com outros dois artigos que evidenciam as palavras da autora. 

O movimento #MeToo surgiu após dezenas de denúncias de assédio cometidos por produtores a atrizes em Hollywood. Mulheres do entretenimento foram convidadas pelo Twitter a relatar se haviam sofrido algum tipo de abuso, usando a hashtag #MeToo (Eu também).