Handmaid's News

Por que o uso do foco superficial no rosto de June é tão efetivo?

Reprodução: Hulu

A imagem mais emblemática de The Handmaid's Tale de Margaret Atwood é apenas um rosto. Uma câmera a uma curta distância do rosto de June/Offred (Elizabeth Moss), em volta dela o mundo é um borrão. Seu capuz como uma mortalha.

É uma imagem que compartilha quase tudo o que um espectador precisa saber sobre a série em um único quadro. O mundo inteiro da distopia sexista de Gilead está lá, naquele "tiro", sutilmente encaixado nos detalhes.


No YouTube, o canal americano Nerdwriter faz um mergulho na técnica que produz imagens como essa e o efeito que elas têm sobre a série como um todo. Esses momentos, como muitos momentos em The Handmaid's Tale, são filmados com um foco superficial, produzindo uma imagem nítida no centro do quadro e desfocado em todo o resto. É uma técnica moderna, uma forma de dar ao filme uma aparência artística, mas Nerdwriter argumenta que, nesse caso, consegue um propósito mais importante e deliberado.


Nós apresentamos o trabalho de Nerdwriter por uma boa razão. Sua análise é nítida, perspicaz e direta ao ponto. Sabemos que a produção de imagens foi um diferencial de The Handmaid's Tale, além de uma atuação impecável, o serviço Hulu não quis falhar na produção cinematográfica, temos um mar para os olhos praticamente durante toda a primeira temporada. 

Fiquem ligados no The Handmaid's Tale Brasil e em nossas redes sociais @HandmaidsBrasil (twitter), @handmaidsbrasil (instagram) e @HandmaidsBrasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Handmaid's Tale.

Adblock Detectado

Você gosta desse conteúdo? Então nos ajude desativando o Adblock

Você pode desativar o seu adblock só em nosso domínio, ajude-nos a continuar levando conteúdo relevante para você :)

Muito obrigado, The Handmaid's Tale Brasil

×