Handmaid's News

The Handmaid's Tale S03E11 - Coisas que você pode ter perdido

O episódio foi cheio de detalhes

Os fãs de The Handmaid's Tale têm idolatrado o episódio 11 da terceira temporada da série. Até agora, ele conta com 9,6 no IMDb, a maior classificação das três temporadas. Com tanta ação, muita coisa pode ter passado despercebido, vamos relembrar abaixo:

Ovários


Quando Serena e Fred passam a última noite juntos na casa da Econofamília, a luminária parece muito com ovários.

Fred tinha acabado de reconhecer que ele é o único com problemas de fertilidade no relacionamento. Gilead sempre coloca a culpa na mulher, embora o produtor Bruce Miller tenha confirmado que Serena não é infértil em 2017.

Pode ser um simples aceno para isso. Também poderia significar que Serena é quem está no controle, ou talvez uma gravidez possa vir da última noite juntos e desvio comportamental contra as leis de Gilead.

Suástica


A repartição do quarto que o Comandante George Winslow leva June tem um design que lembra a suástica nazista. 

A aia mata o Comandante


A estátua que June usa para matar Winslow é definitivamente uma mulher. Isso em si já é simbólico, mas se você olhar bem de perto para a pose (braços na frente, de cabeça para baixo) e uma coisa que parece uma touca sobre a cabeça... É idêntica a uma aia.

A caneta

June, uma ex-editora que agora está proibida de escrever, derrubou um dos maiores cachorros de Gilead com uma caneta. Serena, "I need a pen", lembrando do episódio 8 da segunda temporada, quando as mulheres tomam conta do trabalho enquanto Fred está se recuperando do ataque ao novo Centro Vermelho.

Oprah

Aqueles poucos segundos da Radio Free America que ouvimos no carro de Waterford significaram o retorno daquela Oprah da segunda temporada.

"Esta é a Radio Free America, transmitindo de algum lugar do Great White..." ela diz, antes que Fred a apague. Grosseiro.

Carros


Os Waterfords dirigiram um Mercedes-Benz, que parece ser o carro de escolha em Gilead. A primeira temporada contou com muitos, e foi também o que Emily estava dirigindo quando atropelou um guardião.

Há muitos paralelos entre a Alemanha nazista e Gilead (neste episódio, tivemos o simbolismo da suástica), e os carros são outros.

Ao longo da década de 1930, a Mercedes-Benz produziu o modelo 770, um carro que era popular durante o período nazista da Alemanha. Adolf Hitler era conhecido por ter dirigido esses carros durante seu tempo no poder.

O carro se encaixa com Gilead nos mínimos detalhes, incluindo o velocímetro e o relógio analógicos (porque Gilead não usa relógios digitais).

June esfaqueou o Comandante Winslow 23 vezes

Você sabe quem mais foi esfaqueado 23 vezes? Júlio César, também conhecido como o imperador romano, que se declarou um ditador e todo mundo sabe: "Devemos apenas esfaquear César!"

A nova bandeira americana


A bandeira americana contém 50 estrelas para representar os 50 estados. Quando vemos os americanos presentes na prisão de Fred, a bandeira nos braços tem apenas duas para representar os únicos estados restantes: Alasca e Havaí. 

Na primeira temporada, a bandeira é mostrada mais de perto quando Luke recebe o bilhete de June no consulado americano. Na segunda temporada a bandeira também é mostrada quando são apresentadas as mulheres mortas no ataque ao Centro Vermelho. 

Luke e Moira


Isso você não perdeu porque não estava lá... Mas parece que deveria estar. Em uma foto promocional estão Luke e Moira no que parece ser a cena em que os Waterfords foram capturados.

Isso obviamente foi removido da edição final do episódio, mas o fato de eles estarem presentes em uma operação militar é estranho. Serena negociou uma visita a Nichole como parte de seu acordo para entregar Fred?

Conteúdo adaptado de Mamamia