Handmaid's News

As melhores frases da segunda temporada de The Handmaid's Tale


May the force be with you

 Compre produtos de The Handmaid's TaleA segunda temporada de The Handmaid's Tale, embora alguns digam o contrário, foi repleta de momentos memoráveis. Algumas frases, embasadas em versículos bíblicos, falam muito sobre a série e da identidade de Gilead.

Selecionamos as frases que mais fizeram sucesso aqui no site e nas redes sociais sobre a segunda temporada da série e as colocamos nesse post. Nas próximas semanas faremos os posts das melhores músicas, melhores/piores cenas, entre outras seleções da segunda temporada. Vale lembrar que a terceira temporada de The Handmaid's Tale está confirmadíssima e chegará em abril de 2019, seguindo o exemplo das anteriores.

E01


"Vocês vão amar o Senhor, teu Deus, com todo o seu coração. /You will love the Lord, Thy God, with all your heart." As aias são levadas para um palanque de esforcamento. Mas era apenas um susto. Tia Lydia entra usando a palavra de Deus para amedrontar as mulheres.


"Meu nome é June Osborne. Sou de Brooklyn, Massachusetts. Tenho 34 anos. Meço 1,60m. Peso 54,4kg. Tenho ovários viáveis. Estou grávida de 5 semanas. Estou livre." June se livra de sua roupa de aia na primeira tentativa de fuga de Gilead. Agora ela está momentaneamente livre e se volta a June.

E02


"Isso é a liberdade? Até isso é vertiginoso. Como um elevador com os lados abertos. No limite da atmosfera, você se despedaçaria. Vaporizaria. Não haveria pressão para mantê-lo inteiro. Ficamos tão confortáveis com as paredes. Não demora tanto assim. Use o vestido vermelho, use as toucas, cale sua boca, seja uma boa menina. Deite-se e abra as pernas. Sim, senhora. Quer o Senhor possa abrir. O que vai acontecer quando eu fugir? 'Gilead está dentro de você', disse Tia Lydia." June faz um monólogo em sua mente enquanto é levada ao novo esconderijo.


"Não deixe um homem desqualificar suas perguntas." Emily fala a sua aluna da universidade em flashbacks depois de um colega homem interromper a garota.

E03


"Crie sua filha para virar uma feminista. Ela passa a vida esperando para ser resgatada por homens." June fala a frase enquanto espera o avião, em referência a sua mãe.


"Bendito seja o Froot Loops." Erin, a companheira de apartamento de Moira e Luke, brinca com Moira.

E04


"Senti o bebê chutar pela primeira vez ontem." Serena e outras Esposas fazem um chá de bebê, June sendo ignorada, joga sua dose de deboche para a cena.   

E05


"Por isso deixará o homem a seu pai e sua mãe, e unir-se-á a sua mulher." O Comandante Pryce lê as palavras bíblicas enquanto Nick é obrigado a casar-se com Eden de apenas 15 anos.

E06


"E se Nick for um traidor do gênero? Tenho certeza de que não é verdade." June responde a pergunta de Eden, que estava preocupada com a masculinidade de Nick.

E07


"Eu preciso de uma caneta." Serena pede ajuda de June para falsificação de alguns papéis do Comandante enquanto ele está fora. June pede uma caneta para Serena. 

E08


"Que a força esteja com você." Janine responde ao cumprimento de June de uma forma inusitada em uma referência à Star Wars.


"Alguém disse uma vez: 'Os homens temem que as mulheres riam deles. As mulheres temem que os homens as matem'." June reflete e fala uma frase de Margaret Atwood.

E09


"E ela saiu. Era impossível, e ela conseguiu." June reflete depois de Nick trazer boas notícias do Canadá.

E10


"Eu esperei você." Hannah fala a June em um emocionante encontro em uma casa no meio da neve.

E11


"Agora uma música para todos que estão ouvindo, patriota americano ou traidor de Gilead... Ainda estamos aqui." June entra em um carro, ao ligar o rádio a voz de Oprah fala as manchetes do dia direto da rádio Free America.


"Nós conseguimos, Holly." June dá o nome para sua segunda filha em homenagem à sua mãe, Holly Maddox.

E12


"O amor é paciente. O amor é bondoso. Não inveja, não se vongloria e não se orgulha." Eden se despede na sua pena por ter fugido de Nick e voltar para casa com Isaac.

E13


"No príncipio era o Verbo. E o Verbo estava com Deus. E o Verbo era Deus." Serena lê em voz alta uma passagem da Bíblia para tentar reivindicar melhorias e um futuro melhor para as crianças de Gilead.


"Chame-a de Nichole." June pede a Emily que chame sua filha de Nichole em uma despedida emocionante.