Handmaid's News

Elenco participa de evento e fala sobre o que ainda vem por aí na Segunda Temporada


Estrelas e produtores da série participaram do evento

O Hulu promove anualmente o evento For Your Consideration para divulgar suas séries, esse ano teve painel exclusivo de The Handmaid's Tale na noite de quinta-feira em Los Angeles, onde parte do elenco e produtores falam sobre o que a série ainda tem a apresentar com o restante da temporada e também sobre os momentos mais importantes até agora, incluindo o relacionamento turbulento de Serena e June bem como Fred sendo um marido abusivo.

Quanto aos cinco episódios restantes da temporada, o showrunner Bruce Miller e o produtor executivo Warren Littlefield confirmaram que June terá seu bebê antes do final da temporada, o que já é previsível a julgar pelos títulos dos episódios finais.

O que não deve ser novidade para ninguém, mas uma péssima notícia para os esperançosos é o que Elisabeth Moss disse em entrevista a Variety no evento: "Não há como Serena conseguir se transformar em uma combatente da Resistência, isso não é a realidade. Mas o que nós concordamos, Yvonne e eu, é na ideia de que há duas mulheres, lados opostos neste mundo, ambas estão infelizes, não estão satisfeitas e são vítimas de muitas maneiras. Obviamente, a maior coisa que as conecta é a criança crescendo dentro da barriga de June que é filho da mãe que o carrega na barriga, mas também de certa forma, de Serena, como completa Moss.

Outro grande momento dos oito primeiros episódios foi a decisão de Fred ao castigar Serena quando ela forjou a assinatura dele para colocar suas vontades nas leis de Gilead. Strahovski fala a respeito: “Estava triste de interpretar, mas também foi triste assistí-lo porque parece que o Comandante já tinha em mente o que queria conseguir depois da punição que deu a Serena”, colocando as duas mulheres em sua casa uma contra a outra. Strahovski brincou que a violência mostrada na cena de espancamento do Comandante Waterford é apenas o começo do que está por vir no restante da temporada, medo dessa declaração.

Quanto ao futuro de Fred, depois que ele sobreviveu ao bombardeio, ele agora tem "o manto sobre os ombros, esse peso da transformação de uma sociedade", disse Littlefield, como se fosse o herói que Gilead precisa usando uma capa preta.

Durante o painel, Moss falou da jornada de June com a Resistência, enquanto ela continuava a descobrir seu caminho e "que tipo de lutadora ela é... Há todas essas formas diferentes de resistência e ela meio que tem que encontrar a sua própria mas meio que tropeça e cai algumas vezes ao encontrar esse caminho. Isso foi realmente interessante para mim, como você resiste? Você resiste de dentro, você faz isso de uma maneira barulhenta, você faz isso com palavras e uma caneta?”.



Moss também se dirigiu a Offred, aparentemente desistindo e aceitando a cultura de Gilead no início da temporada, admitindo que está "surpresa de não desistir mais cedo". "Eu acho que é realmente importante mostrar ela no fundo do poço, porque é o que aconteceria, você sabe. É importante mostrar que a vulnerabilidade, que é uma das coisas que mais amo em June no livro, ela não é uma personagem perfeita, tem suas fraquezas e esse deve ser um ponto de ruptura para todos, mas o que acontece depois desse ponto de ruptura é a nossa história ”, completa Moss.

O evento FYC do Hulu foi realizado no Samuel Goldwyn Theatre, onde Elisabeth Moss, Yvonne Strahovski, Samira Wiley, Alexis Bledel, Max Minghella, Madeline  Brewer e Amanda Brugel participaram, além dos produtores Bruce Miller e Warren Littlefield. Vale lembrar que a segunda temporada de The Handmaid's Tale terá 13 episódios, o último que foi exibido foi o oitavo.

Vaja abaixo fotos do elenco no tapete vermelho do evento: