Handmaid's News

Review | The Handmaid's Tale S03E10 - "Bear Witness"


Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do décimo episódio, S03E10 – "Bear Witness", da terceira temporada de The Handmaid's Tale.

Entre bolinhos, a resistência começa a atuar mais fortemente em The Handmaid's Tale. "Parem de medicar Eleanor" e uma aprovação ao plano de June são comunicados pelos muffins. O episódio mais bem aprovado no IMDb da terceira temporada começa com a volta de June para casa depois de semanas acompanhando Ofmatthew em estado vegetativo prestes a ter seu bebê.

The Symphony No. 9 in D minor, Op. 125 de Beethoven entoa a caminhada de June na companhia de tia Lydia. Já em casa, percebemos que o tempo de Fred e Serena em Washington fez com que o casal aplicasse a filosofia da capital em suas vizinhanças, a grande biblioteca de Joseph agora foi desmontada, sem privilégios.

Se por um lado, os fãs tanto reclamaram desse temporada pela falta de atuação da resistência, agora June se comprometeu com Ofmatthew de tirar para fora de Gilead as crianças que foram roubadas das mãos das aias. Em "Bear Witness", June dá os primeiros passos para conseguir alcançar seu objetivo, tentando buscar aliados em um plano ainda rascunhado. Ela tenta apoio primeiro, sem sucesso, de Alma, que por medo, recusa qualquer aproximação.

Em casa, June tenta se virar sozinha, ela vasculha a biblioteca desmontada do Comandante Joseph Lawrence em busca de informações. Uma Eleanor mais bagunçada do que o habitual - provavelmente pela falta dos remédios - a flagra, mas, ao invés da denúncia, June ganha ajuda de sua senhora, a esposa de Lawrence a leva até o porão, onde se encontram os arquivos de cada aia e seu filho do tempo anterior. June lê sobre sua filha Hannah, sobre o filho de Janine e sobre o filho loiro de Alma.

Mais cedo, as aias são postas em exibição em uma arquibancada para uma inspeção do Comandante George, que está ajudando Serena e Fred na ampliação dos horizontes da filosofia de Washington. À noite, Fred diz a George que há algo de errado com as Cerimônias na casa do Comandante Lawrence, que já teve quatro aias, nenhuma com sucesso, obviamente. Para tanto, Fred sugere que façam uma Cerimônia assistida com June como teste. Na noite de Cerimônia da casa dos Lawrences, Joseph e Eleanor estão profundamente abalados. Serena, Fred e George acompanham apenas os ritos anteriores ao ato propriamente dito.

O ato é realizado à portas fechadas, Joseph acha que eles não precisam fazê-lo, mas June diz que ela será examinada logo após por um médico para atestar a realização da Cerimônia. O episódio marca, talvez, o maior acerto da temporada, a crueldade da Cerimônia não é escancarada visualmente, esse não lembra nada o estupro que Serena e Fred fizeram com June grávida no 10 da segunda temporada. A crueldade se mostra no abalado Joseph, que sai do quarto direto à uma bebida e, da despedaçada Eleanor, que vai direto para uma cama de outro quarto. June é examinada pelo médico, Cerimônia realizada.

Na despedida dos visitantes, Fred fica pra trás em mais uma de suas babações por June. Aqui, June finalmente dá um basta no flerte, "digo, pelo menos não foi com você". June vai ao encontro do solitário Joseph, que está remoendo seus atos e dá uma cartela de pílulas do dia seguinte. "Objeto de colecionador", diz ele, em referência à proibição de anticoncepcionais em Gilead. Aqui Lawrence tenta se recompôr com June, oferendo um caminhão para salvar Eleanor e si própria, fugindo para o Canadá - mais cedo no episódio, Joseph nega o pedido de June.

De volta ao Pães e Peixes, June tenta uma reaproximação com Alma, quase que sem sucesso novamente, ela recorre às informações que conseguiu na papelada de Joseph. June diz à Alma que o nome do seu filho Dylan agora é Joshua, Alma ainda se mostra resistente em contribuir na retirada das crianças de Gilead, mas Janine se propõe: "eu posso ajudar". Será o grande plot de final de temporada?

O casal propositalmente detestável formado por Fred e Serena ataca novamente. Serena não está nada contente com o deslumbre de Fred em mais poder, que parece ter ouvido George e esquecido a tentativa de reaver Holly/Nichole do Canadá. Serena mostra o telefone dado por Mark Tuello e o indica como um "americano" que pode ajudá-los a chegar na "filha".

O episódio acaba com a resposta positiva das Martas ao plano de June - muffins que dizem sim! -, aproveitando o caminhão oferecido por Joseph para levar, além de Eleanor, as crianças roubadas por Gilead. O episódio acaba ao som de mais uma instrumental, agora de Antonio Vivaldi.

Texto escrito para The Handmaid's Tale Brasil, reviews sempre às quartas, mesmo dia da entrada do episódio no catálogo do Hulu. Então, você percebeu algo que não está esclarecido aqui nessa review? Tem algo a acrescentar? Comente abaixo sua opinião sobre o episódio.