Handmaid's News

Resistência será o foco da terceira temporada de The Handmaid's Tale


Blessed be the Resistance

A segunda temporada de The Handmaid's Tale terminou em uma reviravolta, ao alcance de uma oportunidade de escapar do pesadelo opressivo de Gilead, June decidiu simplesmente voltar a Gilead na esperança de resistir de dentro para fora. Foi uma jogada insatisfatória para alguns, mas para todos que estão ansiosos para ouvir como The Handmaid's Tale vai lidar com essa virada abrupta, o produtor executivo Warren Littlefield compartilhou alguns detalhes sobre o futuro da série com o The Hollywood Reporter.

Para começar, Littlefield provoca que a série vai para “outro lugar” na terceira temporada, observando que este é outro lugar que está “a Resistência” contra a classe dominante de Gilead. Isso faz com que pareça mais um lugar visionário do que um lugar real, mas há muito que a série pode fazer agora que está comprometida em permanecer nos restos dos Estados Unidos. Falando nisso, Littlefield também liga o futuro de THT diretamente ao que está acontecendo nos EUA, dizendo que a terceira temporada será sobre lutar pelo que é certo, da mesma forma que as pessoas já lutam contra Donald Trump. Ele também observa que, embora este final surpresa faça a segunda temporada parecer bastante sombria, ele acrescenta que “o segundo ano de Trump também foi bastante sombrio”.